Berlin,

O aplicativo de idiomas Babbel acaba de publicar os resultados de um estudo que testou a qualidade e a eficiência de sua metodologia de ensino. Durante dois meses, pesquisadores independentes da City University of New York (Universidade da Cidade de Nova Iorque) e da University of South Carolina (Universidade da Carolina do Sul) acompanharam o progresso no curso de espanhol da Babbel de 391 estudantes escolhidos aleatoriamente.

Quando comparada a outros produtos e serviços de ensino de idiomas on-line, a Babbel se destaca por oferecer uma sólida metodologia, que combina ensino personalizado e tecnologia avançada. Além disso, ela segue o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas, um parâmetro que também orienta instituições, como Goethe-Institut, Cambridge e Aliança Francesa.

Principais Conclusões do Estudo

Utilizando o WebCAPE, método de avaliação de proficiência linguística adotado por universidades e empresas, os pesquisadores analisaram o conhecimento de língua espanhola dos participantes no começo e ao fim do estudo. Essas são algumas conclusões:

– “Iniciantes sem nenhum conhecimento de língua espanhola precisaram, em média, de 15 horas de estudo ao longo de um período de dois meses para cumprir os requisitos equivalentes a um semestre de espanhol em uma faculdade dos Estados Unidos”.

– “De um modo geral, os usuários precisaram, em média, de 21 horas de estudo ao longo de um período de dois meses para cumprir os requisitos equivalentes a um semestre de espanhol em uma faculdade norte-americana”.1

– “Há poucos estudos sobre a eficácia de aplicativos de ensino de idiomas. Porém, entre todas as pesquisas, a Babbel apresenta os melhores resultados até o momento”.

Metodologia Garantida por Mais de 100 Linguistas

A Babbel oferece cursos centrados em diálogos da vida real e adaptados à língua materna do usuário, diferente de aplicativos de idiomas que formam frases a partir de softwares. Aprender a partir de uma metodologia comunicativa resulta em um conhecimento mais sólido e faz com que o estudante ganhe mais rapidamente a confiança necessária para colocar o novo idioma em prática.

Seguindo essa tendência, 81% dos participantes do estudo afirmaram terem melhorado a habilidade de se comunicar em espanhol. Esse dado confirma ainda um estudo realizado pela Babbel, em 2015, com 45 mil entrevistados, segundo o qual 73% dos participantes afirmaram se sentir confiantes o suficiente para manter uma conversa em um novo idioma depois de 5 horas de estudo com o aplicativo.

Esses resultados só são alcançados graças a uma equipe formada por mais de 100 profissionais especialistas em linguística, ensino de idiomas e educação. A proposta da Babbel é aproveitar o que os usuários já sabem de seus próprios idiomas para ensiná-los um novo. Por exemplo: um falante de português apresenta necessidades diferentes das de um falante de inglês ao aprender espanhol.

O Mercado de Ensino de Idiomas On-line

Com o intuito de ir além dos dados internos e das pesquisas com usuários, a Babbel procurou uma validação independente e especializada em metodologias de ensino. O estudo realizado pelos pesquisadores dos EUA lança luz sobre o mercado de aprendizagem de línguas on-line e ajuda os consumidores a tomar decisões mais conscientes.

“Infelizmente, as pessoas ainda não sabem o que podem esperar dos aplicativos para o aprendizado de línguas on-line”, diz Markus Witte, fundador e CEO da Babbel. “Nós sentimos necessidade de informar os consumidores com relação a isso. Um primeiro passo é oferecer um parâmetro equivalente aos meios tradicionais de ensino, como os cursos de idiomas oferecidos pelas faculdades. De qualquer forma, os usuários acabam sempre avaliando um serviço de acordo com o modo como ele supre suas necessidades pessoais. Esse é um parâmetro essencial para nós – o sucesso da aprendizagem individual”.

Os pesquisadores calcularam ainda o Net Promoter Score (NPS) da Babbel, que foi de +59.3. O NPS é a medida utilizada pelas maiores empresas do mundo para pontuar a satisfação e a fidelidade de seus clientes. Considerando que o NPS médio para softwares e aplicativos é +28[1] e que o app da Babbel é um serviço pago, esse índice é um claro indicador do alto valor percebido atribuído pelos usuários que participaram da pesquisa.

“Na Babbel, avaliamos o aprendizado do novo idioma pelos nossos usuários em diversas situações da vida real”, acrescenta Karen Plemons, Diretora de Pesquisa com Usuários. “Auxiliar nesse tipo de sucesso é o nosso objetivo. E essas descobertas confirmam o nosso êxito na hora de oferecer o que é realmente fundamental para os estudantes de línguas no mundo todo.”


1 É importante ressaltar que pessoas sem nenhum conhecimento linguístico de determinado idioma tendem a aprender mais rapidamente do que aquelas que apresentam mais conhecimento. Ou seja: a evolução de estudantes iniciantes é mais rápida do que a de intermediários e avançados. Por essa razão, a quantidade de horas de estudo dos usuários iniciantes é menor do que o tempo de estudo de todos os estudantes que participaram da pesquisa.

Berlin,