+B

Novo estudo acadêmico mostra como aprender com a Babbel desenvolve habilidades de conversação em um novo idioma.

  • Linguistas da Universidade de Yale lançam luz sobre as habilidades de língua espanhola dos alunos da Babbel.
  • Após três meses, as habilidades de fala de quem participou da pesquisa oscilaram entre a troca de saudações e o fornecimento de informações pessoais básicas para discutir atividades e planos futuros no novo idioma.
  • 95% acharam a Babbel uma ferramenta útil de aprender um novo idioma e 75% atingiram suas metas pessoais de aprendizado.

O aplicativo de idiomas Babbel divulgou hoje os resultados do estudo acadêmico “Measuring Babbel’s efficacy in developing oral proficiency” (Medindo a eficácia da Babbel no desenvolvimento da proficiência oral) realizado em colaboração com linguistas da Universidade de Yale. O projeto de pesquisa avaliou a eficácia do método pedagógico da Babbel, recrutando 117 falantes de inglês nos EUA que aprenderam espanhol ao longo de três meses – um período de estudo relativamente curto, tendo em vista a quantidade de tempo em que os alunos normalmente precisam investir para alcançar uma competência básica em um novo idioma. Os resultados demonstram que aprender com a Babbel proporciona o desenvolvimento da capacidade de conversação em uma segunda língua. Todos os participantes desenvolveram em alguma medida a proficiência oral, com habilidades que variam do básico – como trocar cumprimentos e fornecer informações pessoais – a temas mais avançados como discutir atividades e planos futuros.

O fundador e CEO da Babbel, Markus Witte, acredita que essa pesquisa é essencial para apresentar uma maior transparência acerca dos resultados que as pessoas podem esperar do uso do aplicativo. “Não importa qual método ou ferramenta usada para aprender um novo idioma. O tempo investido é muito valioso. É essencial saber quando tempo e esforço são bem gastos”, disse Witte. “Os resultados deste estudo reforçam os resultados do estudo anterior, que concluiu que estudar com a Babbel facilita o desenvolvimento de habilidades de comunicação oral em outro idioma. É mais uma prova da eficácia do nosso método de ensino.”

“A falta de pesquisa disponível sobre a eficácia de aplicativos de aprendizado de idiomas contribui para um certo grau de ceticismo na melhoria das habilidades de fala em outro idioma. Os resultados do nosso estudo, no entanto, sugerem que a Babbel pode ser uma ferramenta eficiente para o desenvolvimento de habilidades básicas de conversação em outro idioma”, diz a Dra. Nelleke van Deusen-Scholl, co-autora do estudo e diretora do Centro de Estudos Linguísticos da Universidade de Yale. “Os resultados estatísticos confirmaram uma correlação entre o uso da Babbel e a eficácia do aprendizado de espanhol, mostrando uma progressão nos níveis de proficiência inicial, de acordo com a literatura linguística atual sobre desenvolvimento de habilidades de fala em outro idioma. Foi demonstrado que a Babbel pode ajudar os alunos a conversarem em um novo idioma”.

Para o estudo, a equipe de pesquisa recrutou um grupo diversificado de participantes de todo os EUA que não tinham nenhum conhecimento de espanhol antes de aprender com a Babbel. Depois de fazer os cursos de espanhol da Babbel durante aproximadamente três meses, 117 participantes fizeram a versão Oral-Interview-Computer (OPIc) – um teste de fala criado pelo Conselho Americano de Ensino de Línguas Estrangeiras e usado para avaliar, por exemplo, as habilidades de linguagem de futuros professores. Todos os participantes apresentaram algum ganho mensurável em sua proficiência oral em espanhol. Eles variaram entre trocar saudações e fornecer informações pessoais básicas para discutir atividades e planos futuros no novo idioma.

Além dos resultados do teste de fala OPIc (Oral Proficiency Interview-computer version), os participantes foram entrevistados em relação à sua experiência geral de aprendizado com a Babbel. 91% dos participantes entrevistados relataram que gostaram de aprender espanhol com o aplicativo e 95% afirmaram que a Babbel tornou conveniente aprender um novo idioma. Além disso, a maioria dos entrevistados (75%) sentiu que tinha atingido seus objetivos de aprendizagem.

O estudo também traz insights sobre o perfil e as motivações daqueles que buscam aprender uma língua mais tarde na vida. “O condicionamento mental emergiu como uma motivação convincente para uma porcentagem significativa dos aprendizes de idiomas em nosso estudo”, disse Mary Jo Lubrano, outra co-autora do estudo e Diretora Associada do Centro de Estudos Linguísticos da Universidade de Yale. “Embora nosso estudo tenha alcançado uma ampla gama de faixas etárias e motivações de aprendizado, mais da metade tinha mais de 55 anos. Essa é uma população que raramente é incluída em pesquisas atuais sobre aquisição de linguagem e agora está sob crescente interesse acadêmico”.

Para uma análise detalhada de como a capacidade de falar dos participantes do estudo melhorou após o uso do aplicativo, consulte o white paper Measuring Babbel’s efficacy in developing oral proficiency” (Medindo a eficácia da Babbel no desenvolvimento da proficiência oral), em inglês.


Sobre a Babbel

Em se tratando de aprender um novo idioma, nada é mais recompensador do que poder conversar de verdade na nova língua. A Babbel é um aplicativo para o aprendizado de idiomas que auxilia os usuários a se comunicarem desde a primeira lição. Nesse sentido, e de acordo com recente pesquisa, 73% dos nossos usuários pesquisados afirmaram se sentir capazes de participar de uma conversa simples depois de 5 horas estudando com a Babbel.

A partir da web, iOS ou Android é possível aprender até 14 idiomas com a Babbel – que está disponível ainda em 7 línguas de referência. Os seus cursos são criados por uma equipe de especialistas em Linguística e Didática, além de professores de idiomas. As lições se adaptam ao cotidiano dos usuários e são divididas em temas úteis à vida real, como apresentar-se, fazer um pedido em um restaurante ou organizar uma viagem. O método da Babbel pretende manter seus usuários motivados a alcançar seus objetivos, o que normalmente significa a utilização da plataforma por mais de 12 meses. Os cursos oferecem ainda um diferencial: eles são especialmente desenvolvidos de acordo com a língua de referência selecionada pelo usuário, uma vez que a Babbel reconhece, por exemplo, que um falante de inglês pode compreender o espanhol de modo diferente de um falante de italiano.

A Babbel foi fundada, em 2007, por Markus Witte (CEO) e Thomas Holl (Chief Technology Officer). Atualmente a empresa conta com uma equipe de 750 pessoas de 50 países diferentes, que trabalham na sedes da empresa em Berlim e Nova Iorque. A Babbel oferece uma assinatura de aprendizado sem propagandas, que tem como principal objetivo auxiliar os usuários se comunicarem com segurança o mais rápido possível em um outro idioma. A empresa já ultrapassou os 1.000.000 de usuários pagantes e foi considerada, pela revista Fast Company Magazine, uma das companhias mais inovadoras do mundo na categoria Educação.

Para maiores informações, visite a Babbel.com.